Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 4 de março de 2018

1ª Aula de Segurança do Doente na Pós-Graduação em Literacia em Saúde – ISPA | 03-03-2018 | Segurança do Doente 285


Foi com enorme orgulho e privilégio que dei a 1ª Aula de "Segurança do Doente" na  Pós-Graduação em Literacia em Saúde que decorre no ISPA.


Segundo o relatório Literacia em Saúde em Portugal – 2015 da Fundação Calouste Gulbenkian, a literacia em saúde condiciona a forma como cada um de nós é capaz de tomar decisões acertadas sobre saúde.

Afecta, por isso, não apenas a nossa qualidade de vida e daqueles que nos são próximos e que dependem de nós (como as crianças ou os idosos), mas pode ter também implicações nas despesas de saúde e nos custos e formas de organização dos sistemas de saúde nacionais.

A literacia em saúde remete para as competências e os conhecimentos dos indivíduos necessários para acederem, compreenderem, avaliarem e utilizarem informação sobre saúde, que lhes permita tomar decisões sobre cuidados de saúde, prevenção da doença e modos de promoção de uma vida saudável.

Uma baixa Literacia em Saúde pode dar origem, por exemplo, a um maior número de internamentos e a uma utilização mais frequente de serviços de urgência e, também, a uma menor prevalência de atitudes individuais e familiares preventivas no campo da saúde. Ou seja, a uma menor qualidade de vida.

E não podemos nunca esquecer que a Literacia em Saúde não é uma questão apenas dos Doentes, mas também dos profissionais de saúde.

“Extensive research has shown that no matter how knowledgeable a clinician might be, if he or she is not able to open good communication with the patient, he or she may be of no help.” - Institute for Healthcare Communication

Temos, pois, de melhorar a nossa comunicação e a literacia de doentes e profissionais de saúde.

Parabéns ao ISPA por esta iniciativa.
Fernando Barroso


UM DIA SERÁS TU O DOENTE!

#umdiaserastuodoente

1 comentário: