sábado, 15 de junho de 2019

Corpo de doente sofre queimaduras após incêndio de desfibrilhador num Hospital (#SD352)

O corpo de um doente de um hospital do Texas sofreu queimaduras depois de um desfibrilhador que estava a ser utilizado para o reanimar se ter incendiado.

O incidente ocorreu em 11/02/2019 no “Methodist Hospital" em "San Antonio”, EUA.

De acordo com o relatório do incidente, a equipa de saúde estava a usar um desfibrilhador para tentar reanimar um doente de 70 anos, quando uma faísca do desfibrilhador deu início a um incêndio, que se espalhou ao doente, cama e uma bomba IV. Uma fonte de oxigénio que foi acidentalmente deixada ligada na sala contribuiu para o incêndio.

A polícia determinou que o doente já estava morto antes do incêndio, mas constatou que existiam marcas de queimaduras presentes nos seus ombros e costas.

O “Methodist Hospital” confirmou a existência de um incêndio envolvendo um equipamento médico, ocorrido na instalação:

- "O incidente foi relatado às autoridades e conduzimos uma investigação interna para ajudar a garantir que isto não volta a acontecer no futuro".

- "A segurança de nossos doentes é uma alta prioridade para nós; lamentamos que este incidente tenha ocorrido, mas estamos agradecidos à nossa equipe por reagir rapidamente ao extinguir o fogo e continuar a cuidar dos doentes".

O potencial de risco para a ocorrência de incêndios em instalações de saúde é real e ocorre com frequência.


São potenciais Fontes do risco (elemento que, por si só ou em combinação com outros, tem o potencial intrínseco de originar um risco):
  • Fontes de oxigénio (especialmente acima dos 30% de concentração);
  • Soluções de base alcoólica (fundamental deixar secar completamente);
  • Equipamentos eléctricos junto do doente (dar especial atenção à manutenção periódica dos equipamentos)

A prevenção deste tipo de incidentes de segurança do doente passa pela consciencialização dos profissionais envolvidos no cuidado ao Doente acerca das fontes de risco e dos riscos envolvidos.

A realização de uma AVALIAÇÃO DO RISCO que tenha em consideração esta realidade é fundamental e pode fazer a diferença.

É também fundamental que os Profissionais de saúde estejam preparados para responder de forma adequada a este tipo de incidentes.

Exercícios de simulação constituem uma preparação importante que pode fazer a diferença para todos os envolvidos.
Fernando Barroso

UM DIA SERÁS TU O DOENTE!
#segurancadodoente

Fonte da notícia: Patient's body burned after defibrillator fire at Texas hospital

quinta-feira, 6 de junho de 2019

ISBAR (#SD351)

Este é um dos 22 módulos que constituem o Curso
"A influência dos Factores Humanos na Segurança do Doente",
disponível em https://seguranca-do-doente.teachable.com/

A comunicação eficaz é fundamental à Segurança do Doente.


Fernando Barroso

UM DIA SERÁS TU O DOENTE!
#segurancadodoente
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...