Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

10 Queixas e Reclamações mais Comuns dos Doentes nos Hospitais

10 Queixas e Reclamações mais Comuns dos Doentes nos Hospitais
De acordo com Peter Pronovost , os doentes estão continuamente a pedir aos hospitais para serem tratados como “pessoas”.

O Dr. Pronovost trabalhou com Jan Hill (Diretora de Relações com os Doente no Hospital Johns Hopkins para compilar uma espécie de “lista de desejos do Doente” ou os temas mais comuns recebidos através do feedback obtido de cartas ou através de questionários de satisfação do doente.
A lista foi publicada no U.S. News & World Report.

O Objetivo é melhorar a “Experiência do Doente”, aumentando a sua satisfação e indo ao encontro dos seus desejos e necessidades.

Estes foram os 10 “temas” recorrentes identificados pela Sr.ª Hill e o Dr. Pronovost, os quais referem que os mesmos devem ser utilizados para iniciar uma discussão interna das Equipas de Saúde.

1 – Privação do Sono, em resultado do profissional realizar testes ou recolha de amostras de sangue a meio da noite;

2 – Estações de enfermagem ruidosas, que podem interferir com o sono;

3 – Perda de pertences (bens) pessoais;

4 – Os profissionais não batem à porta antes de entrar no quarto, o que pode ser interpretado como um sinal de desrespeito;

5 – Não manter os “quadros brancos” atualizados. Um quadro branco atualizado (colocado no quarto do doente) permite ao doente saber quem é a equipa que está responsável pelo seu cuidado. Os doentes também referem a necessidade de possuir um pequeno bloco de notas onde possam manter informação importante ou tomar notas.

6 – Falta de comunicação clara e não informar a família/pessoa significativa acerca de alterações na condição do doente.

7 – Quarto desarrumado, com superfícies sem serem limpas ou casas-de-banho que cheiram mal.

8 – Sentirem que não são envolvidos no seu próprio cuidado ou como se não prestassem atenção ao que querem dizer.

9 – Falta de orientações acerca das condições do quarto/instituição. Os doentes gostavam de saber como colocar a TV a funcionar ou como pedir comida.

10 – Falta de profissionalismo por parte dos profissionais, especialmente quando estes estão numa pausa. “Apesar de poder estar numa pausa, o profissional continua a ser um empregado do hospital e um reflexo dessa instituição”. E os profissionais estão SEMPRE a ser observados.


Quis são as principais queixas e reclamações dos doentes no seu hospital, Centro de saúde ou Consultório?
Tem um inquérito de satisfação aplicado ou uma caixa para recolher sugestões dos Doentes?
Como são “tratados” os resultados e o que é feito a esses dados?


Deixe-nos os seus comentários.
Partilhe esta informação com os seus contactos ou redes sociais.

Ajude-nos a chegar mais longe.

Sem comentários:

Enviar um comentário