Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 17 de junho de 2013

7 Práticas Recomendadas para um Ambiente de Cuidados mais Seguro

A Agency for Healthcare Research and Quality (AHRQ) publicou uma Guideline intitulada “Recomended Practices for safe environment of care”, baseada nas recomendações da Association os Perioperative Registred Nurses (AORN).
1)    Precauções para
reduzir o risco de acidentes de trabalho
2)    Segurança contra incêndios
i)     Identificação de
riscos potenciais
ii)    Implementação de práticas de seguras
3)    Segurança dos equipamentos elétricos
4)    Precauções relativas aos alarmes
e alertas clínicos não-funcionantes
5)    Precauções para evitar
lesões térmicas relacionadas com as soluções de aquecimento, cobertores e roupas de cama do Doente aquecida
6)    Precauções
para mitigar os riscos associados à movimentação, armazenamento e uso de cilindros de gás comprimido e de oxigênio líquido
7)    Precauções
para mitigar os riscos relacionados com os resíduos de gases anestésicos
8)    Protocolo
para estabelecer um ambiente seguro relativamente à utilização de látex natural
9)    Precauções
para atenuar os riscos associados à utilização de produtos químicos no ambiente perioperatório (por exemplo, metacrilato de metilo, o glutaraldeído, a formalina, o óxido de etileno)
10) Precauções para evitar
riscos associados à manipulação de resíduos
11) Validação inicial e contínua da formação e competências para o pessoal perioperatório

12) Documentação
das atividades relacionadas com a implementação de um ambiente seguro para a prestação de cuidados
13) Garantia da qualidade e
atividades de melhoria do desempenho para o pessoal perioperatório.
Pode aceder à informação clicando aqui.
Até breve
Fernando Barroso

sábado, 8 de junho de 2013

4º Congresso Internacional dos Hospitais

Por: Enfermeiro César Borges, co-autor do Poster vencedor

O  poster vencedor (http://www.apdh.pt/sites/apdh.pt/files/Auditoria_Armazenamento....pdf) do 4º Congresso Internacional dos Hospitais que decorreu em Lisboa a 7, 8 e 9 de Novembro de 2012 (http://www.apdh.pt/4cih), surge como corolário de um trabalho de avaliação final do Curso, Segurança do Doente: da qualidade e segurança à excelência clínica que terminou no Porto no passado mês de Outubro de 2012 (http://www.apdh.pt/sites/apdh.pt/files/Programa_2.pdf) e que foi realizado sob os auspícios da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar em colaboração com a ARS-Norte.

Este trabalho foi realizado por César Borges, Enfermeiro Chefe no IPO-Porto, Dr.ª Elsa Ramos Assessora na ARS-Norte, Dr.ª Maria Cabral, Administradora Hospitalar na ULS de Matosinhos e pelo Dr. Renato Sousa, Técnico Responsável no Serviço de Radiologia do Centro Hospitalar do Médio Ave.

Pretendíamos com este trabalho fomentar a transdisciplinaridade na Auditoria, aferindo-se as sensibilidades dos diferentes profissionais nela envolvidos. A Metodologia utilizada teve por base a «técnica» Plan, Do, Check e Act , sendo que o Problema Identificado foi a necessidade de avaliar o circuito do medicamento em Unidades Prestadoras de Cuidados de saúde do SNS com o sistema Kaizen Implementado. O trabalho desenvolvido permitiu a implementação de uma metodologia que contribuiu para a melhoria contínua, demonstrou a necessidade de monitorizar a implementação dos novos métodos de trabalho e constituiu-se como uma oportunidade de melhoria no desenvolvimento e produção de Conhecimento em Saúde, nomeadamente através da análise, interpretação e integração no processo de decisão, dos conteúdos das matérias da Formação realizada.

A criação deste instrumento de avaliação, consubstanciado no Poster aqui referido, permite evoluir no sentido da melhoria contínua relativamente ao circuito do medicamento, nas fases de armazenamento, acondicionamento e administração, constituindo-se como um contributo decisivo para a Segurança do Doente.

Pode ainda "observar" a evolução deste trabalho através deste PowerPoint descritivo.
César Borges
Elsa Ramos
Maria Cabral
Renato Sousa